Suelen Lorianny

Antes de terminar o curso de jornalismo eu já estava trabalhando na Igreja Batista de Bom Retiro. Produzo um jornal comunitário desenvolvendo pautas com o bairro. Saí da graduação final do ano e continuei por aqui. Em março fiz um curso de comunicação popular e desenvolvimento comunitário na organização Jovens com uma Missão (JOCUM). Foram três meses teóricos, morando em uma base missionária e dois meses práticos. Na segunda etapa pude desenvolver um documentário no norte da Colômbia, sobre o povo indígena chamado Wayuu. O mais interessante foi morar dois meses com eles. Experiência indescritível. Me formei neste curso depois de cinco meses e voltei a trabalhar na igreja. Agora estou aqui, responsável por toda comunicação interna da instituição e também pela Folha do Bom Retiro. Estamos em um processo para desenvolver outras ideias de trabalho com o bairro, oficinas de texto, educomunicação. Se tiver alguém por aí querendo trabalhar com essa área, fala comigo pois preciso de estagiários! Jornalismo comunitário é apaixonante! E o momento mais esperado do meu segundo semestre é o lançamento do livro-reportagem que produzi como TCC no ano passado, junto com minha colega Laura Beal Bordin. O livro, que conta a história de seis mulheres que lutaram contra a ditadura militar, vai se lançado no dia 3 de outubro às 19 horas, na Livraria Cultura. Estão todos convidados! É isso aí.