Evelise Toporoski

As aulas tinham acabado e bateu o medo de ficar em casa sem emprego. Decidi mandar e-mail para todos os contatos com meu currículo. Acredita que deu certo?

Cobri férias de uma repórter da área de cultura no extinto jornal Hora H e me contrataram. Quando senti que estava na hora de mudar e encontrei uma revista nacional com a redação em Curitiba. Passou mais dois anos e senti que meu prazo começou a ‘expirar’.

Me aventurei por um período como editora do Jornal de Colombo e depois comentei com um ex-veterano meu de UP, editor da intranet do HSBC Brasil, que estava procurando algo e ele disse que abriria uma vaga em breve.

Hoje trabalho com o mesmo cara que andava por aí com cabelo azul e fez um TCC sobre um programa de culinária. Claro que agora somos pessoas sérias, aparentemente. Aproveitem o tempo de faculdade para se relacionar bem com todo mundo, as oportunidades aparecem!