SESC RJ vence CWB Vôlei na primeira rodada da Superliga

O SESC Rio de Janeiro dominou a quadra da Universidade Positivo, onde derrotou o Curitiba Vôlei por três sets a zero

Nesta terça-feira (12), Curitiba Vôlei e SESC Rio de Janeiro se enfrentaram pela primeira rodada da Superliga Feminina de Vôlei, às 20h. Em um jogo marcado por erros de saques e inúmeros pontos de bloqueio, o SESC RJ venceu o time curitibano por três sets a zero, no ginásio de esportes da Universidade Positivo. Os técnicos foram Bernardinho, no SESC, e Duda Nunes, no CWB Vôlei.

O jogo começou com um placar acirrado de 27×25 para o SESC. No segundo set, o time carioca  teve sequências de saque efetivas, e um ataque feroz. Um dos motivos pelos quais o SESC dominou a quadra foi a boa distribuição de bola da levantadora Fabíola, que faz parte da escalação da seleção brasileira. Outro destaque foi a participação da ponteira Renatinha, na decisão de todos os pontos do set, que terminou em 25×16. O terceiro set finalizou o jogo, com o placar de 25×19 para o SESC RJ.

Investida do SESC no segundo set de jogo. (Foto: Rhanna Sarot/RedeTeia.com)

A jogadora Vivi Goes, do CWB Vôlei, comentou sobre o desequilíbrio do time durantes a partida. “Acho que o time fez um bom primeiro set e acabou se desestabilizando nos sets seguintes, mas agora é pensar nos próximos jogos”, disse Goes. A jogadora ainda disse que a atmosfera que a torcida deu ao jogo incentivou o time a lutar por cada ponto, e espera que no próximo jogo a torcida faça o mesmo. O próximo jogo do Curitiba Vôlei será contra o Vôlei Nestlé, dia 19 às 20h, no ginásio de esportes da Universidade Positivo.

Jogadora homenageada

Antes do início da partida, a jogadora do CWB Vôlei Mariana Galon recebeu uma homenagem do time. Galon foi diagnosticada com alterações cardíacas, e aposentou-se aos 25 anos. Ao fim do jogo, a jogadora Renatinha recebeu o troféu de melhor da partida, com melhor desempenhos nos dois primeiros sets.

previous arrow
next arrow
Slider

Deixe uma resposta