Prêmio Sangue Novo acontece pela primeira vez em universidade

Alunos do curso de Jornalismo conseguiram sete prêmios nos três lugares, em diferentes categorias

Na última sexta feira (01), foi realizada a 23º edição do Prêmio Sangue Novo no Jornalismo Paranaense, organizada pelo Sindicato de Jornalistas Profissionais do Paraná (SindiJorPR). A novidade do evento foi a mudança de local; a partir deste ano, as edições serão sediadas pelas universidades do estado do Paraná. Nas edições anteriores, a APP Sindicato sediava a premiação. A Universidade Positivo foi a primeira a receber o evento nesta nova etapa e, nas próximas edições, outras universidades de todo Paraná poderão participar em rodízio de sede.

O rodízio de universidades incentiva a competição saudável da premiação entre universidades e universitários, sendo estes futuros profissionais e colegas de profissão. “Essa mudança foi para criar um relacionamento mais próximo em prol dos estudantes, assim criando também uma rede de segurança e relacionamento próximo entre os estudantes, professores e jornalistas”, afirma Silvia Valim, diretora do SindiJor.

O curso de Jornalismo da Universidade Positivo recebeu 7 prêmios: 1º lugar na categoria Jornal e Revista Laboratório com o Lona Especial Eleições 2018; 2º lugar na categoria Produto Jornalístico para Web ou Blog de notícias com o Humans of Eleição; 3º lugar na categoria Produto Jornalístico para Web Gestão de Mídias Sociais com Rede Teia – O Instagram na Produção de Notícias; 1º e  2º lugares na categoria Reportagem para Televisão com Um Novo Recomeço e Maternidade Atrás das Grades; e 1º e 2º lugares na categoria de Webdocumentário com o Segunda Chance e A Ilha do Mel de Ponta a Ponta.

Deixe uma resposta