Preço dos Restaurantes Universitários da UTFPR deve aumentar

A Reitoria da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) realizou uma reunião para definir adequações no sistema do Programa Nacional de Assistência Estudantil, onde sugeriu o corte no subsídio para os Restaurantes Universitários

Na terça-feira (18), a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) realizou uma reunião para deliberar ajustes no sistema de assistência estudantil da instituição, que sofreu mudanças por conta do reajuste orçamentário realizado pelo Governo Federal. Para que mais alunos possam ser beneficiados pela assistência, a Reitoria da UTFPR propôs o fim dos subsídios aos Restaurantes Universitários (RUs), que não foi bem aceito pelos estudantes.

Em reação ao contingenciamento de 36,25% nas verbas destinadas à educação, realizado pelo Governo Federal,  cerca de R$37 milhões destinados ao custeio e investimentos na UTFPR foram bloqueados do orçamento de 2019. O Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAE) também foi afetado, e consequentemente o número de auxílios disponíveis pelo programa foi reduzido. Para abranger um maior número de beneficiados pelo programa, a Reitoria convocou uma reunião para iniciar discussões sobre a adequação do serviço.

Em nota de esclarecimento, a instituição relatou o objetivo de contemplar mais alunos com a assistência. Para isso, a Reitoria propôs o fim do subsídio às refeições oferecidas pelos RUs. Atualmente, o preço da refeição para alunos é de R$3,50, e com o corte do subsídio passaria a ser de R$6,38 (valor integral). Segundo a UTFPR, na reunião foram expostos dados em relação ao perfil socioeconômico dos estudantes da universidade, obtidos pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), e o histórico do PNAE. Estiveram presentes o reitor Luiz  Alberto Pilatti, a vice-reitora Vanessa Ishikawa e o assessor de assuntos estudantis Carlos Henrique Mariano, além de 13 representantes de todos os câmpus , segundo a UTFPR.

De início, os estudantes reagiram de forma contrária a proposta. Para isso, a universidade reiterou que as decisões serão tomadas após consentimento dos estudantes, que podem propor alternativas até a próxima terça-feira (25). O Diretório Central dos Estudantes (DCE), em junção com todos os Centros e Diretórios Acadêmicos do Campus Curitiba, convocou os universitários para uma Assembleia Geral Deliberativa, que está marcada para a segunda-feira, às 18h. Além da convocação, a DCE não se pronunciou oficialmente sobre o assunto.

A equipe da RedeTeia.com continuará acompanhando o caso, no site, facebook, instagram e twitter.

Deixe uma resposta