Improvisar dá muito trabalho para Os Barbixas

Durante três dias, o grupo apresentou o espetáculo “Improvável”, no Teatro Positivo, que surpreendeu a plateia na base da comédia improvisada

Nos dias 10, 11 e 12 de maio, o show “Improvável” chegou à Curitiba, no Teatro Positivo, com 2 sessões em cada dia. É o terceiro ano consecutivo que Os Barbixas se apresentam na capital, que recebe o grupo com sessões lotadas e ingressos esgotados previamente.

Das brincadeiras no colégio para os teatros lotados. Assim foi a trajetória de Os Barbixas, grupo de comediantes que trabalha com improvisação em shows de humor há mais de 10 anos. Atualmente, o trio Daniel Nascimento, Anderson Bizzocchi e Elidio Sanna está rodando o Brasil com o espetáculo “Improvável”, com temas, frases e objetos aleatórios escolhidos na hora, além de possuírem um canal no YouTube com mais de 3 milhões de inscritos.

“No começo sofríamos bastante, como qualquer artista, pois no início você tem que conciliar trabalho com o teatro até dar certo. Até lá, passa por perrengues e dificuldades. Com o tempo, fomos aprendendo com os erros e de pouco em pouco conseguimos ir melhorando, impondo exigências aos produtores locais, sem ser ao mesmo tempo como aqueles roqueiros que pedem 700 toalhas brancas”, brinca Anderson.

Os atores atenderam a reportagem da Rede Teia para contar como é o processo de trabalho e como estão lidando com a fama. Confira.

Para quem acha que espetáculos de improviso não exigem preparo, Anderson compara com o treinamento esportivo. “É preciso ensaiar bastante, pois a comparação que nós fazemos é com esporte. No jogo, o atleta não sabe o que o adversário irá fazer, mas ele se prepara para o máximo de situações possíveis. Na improvisação, nós treinamos raciocínio e interações”, conta.

Além de rodar o Brasil, Os Barbixas também se apresentam fora do país, e já estiveram na Colômbia, no México, Canadá e em setembro estarão em Portugal. Em outubro voltarão a se apresentar em Curitiba.

 

Deixe uma resposta