Franciscanos manifestam apoio à educação

Ordem dos Frades Menores esteve presente na Praça Santos Andrade, apoiando a educação e contra o corte das verbas nas instituições federais.

 

Na manhã desta quarta-feira (15), em todo Brasil, foi estipulado o Dia Nacional da Greve na Educação. A Ordem dos Frades Menores (OFM) esteve presente na manifestação contra o corte das verbas das instituições federais, no Centro de Curitiba, na Praça Santos Andrade. “Nós só podemos ser humanos de verdade a partir do nosso conhecimento, senão somos alguém que está dentro de uma bolha, sem senso crítico”, disse o Frei Francisco Dalison.

Ordem dos Frades Menores (OFM) esteve presente na Manifestação contra o corte das verbas das instituições federais (Foto: Gabrielle Bonat/RedeTeia.com)

A Ordem Franciscana Secular do Brasil manifestou uma nota em apoio à luta dos profissionais da educação e contra o bloqueio das verbas. Em nota oficial, as palavras do Papa Francisco foram utilizadas para apontar o caminho educacional a ser seguido: “Velais pelos vossos alunos, ajudando-os a desenvolver um espírito crítico, um espírito livre, capaz de cuidar do mundo atual”. O frei Francisco evidenciou que eles são chamados de comunistas pela escolha de irem à manifestação.

“Essa é a postura da filosofia: refletir, criticar e questionar. Não adianta ficar em uma sala de aula, falar uma teoria e não vivê-la”, disse Luciana Teixeira, professora de filosofia da OFM, que também manifestou seu apoio junto aos alunos. Luciana afirmou que a Ordem dos Frades Menores não tem nenhum vínculo partidário ou sindical.

A manifestação das instituições federais vai até as 21 horas. Ao longo do dia, atividades com entidades artísticas, passeatas, oficinas e performances acontecem no centro de Curitiba.

Deixe uma resposta