Folclore cobre de cores o eixo de vivência no Intercom

Brayan Valêncio

A quarta-feira inicial do Intercom teve eventos durante todo o dia. Além da conferência de abertura, das mesas de encontro e das avaliações do Expocom, o folclore de várias etnias movimentou o eixo de vivência. As apresentações tiveram como objetivo homenagear várias identidades artísticas e culturais. Entre os participantes estavam grupos de tradições japonesas, alemãs, polonesas, ucranianas, espanholas, italianas e gregas. A manifestação cultural durou cerca de meia hora e faz parte do “Curitiba, Comunica Cultura”, festival cultural que acontece em programação paralela ao Intercom Nacional 2017. Misturando o cenário acadêmico e científico com apresentações culturais e lúdicas, o “Curitiba, Comunica, Cultura” é a primeira experiência desse gênero nos 40 anos de congresso. Para mais informações, clique aqui.

Deixe uma resposta