Reitor destaca cenário da economia para a próxima gestão

Economista José Pio Martins falou sobre o atual cenário e sobre o futuro da economia na capital do estado


Natalia Basso

O reitor da Universidade Positivo conversou com os alunos de jornalismo durante a cobertura das eleições 2016. José Pio Martins, economista, comentou o cenário atual da economia brasileira e sobre a gestão de Gustavo Fruet em Curitiba. “Há quatro receitas importantes para a prefeitura: o IPTU, que é um porcentual de propriedade territorial urbana, o ISS, que é o imposto sobre serviço e depende do nível de atividade de serviço na cidade, quando há crise ele cai, o fundo de participação que a prefeitura recebe do governo federal, este caiu muito, pois é feito com o imposto de renda e eles dependem muito da produção nacional que caiu nos últimos anos, e há o fundo de participação municipal no ICMS, que é o tributo estadual, que também cai quando cai a produção nacional”, comentou.

Para as previsões de 2017 e o futuro da nova gestão em Curitiba, Pio disse que “o dinheiro vai ser igual para qualquer que seja o prefeito, o que vai diferenciar um e outro é a capacidade de fazer um bom trabalho com aquele mesmo bolo. Qualquer que seja o prefeito que ganhe a eleição vai entrar com um bolo financeiro bem restrito”.

Deixe uma resposta