Ovos de dinossauro na sala de um simples marquês?

O público teve a oportunidade de conferir os documentários paranaenses. Foto: Markus Kalebe
O público teve a oportunidade de conferir os documentários paranaenses. Foto: Markus Kalebe

O Festival Upx, que permite diversas trocas de conhecimento em várias áreas possibilitou que alunos e público pudessem conferir diversas atrações gratuitas em vários horários diferentes.

A mostra dos documentários paranaenses “Ovos de Dinossauro na Sala de Estar” e “A que deve a honra da ilustre visita este simples marquês?” do jornalista Rafael Urban mostram histórias de importantes personagens da cultura curitibana, o primeiro conta a história de amor da alemã Ragnhild Borgomanero e seu falecido esposo Guido. Borgomanero estudou fotografia digital e fez cursos de Photoshop e Premiere para preservar a história do marido – um grande fotógrafo –. O segundo, mostra como personagem principal Max Conradt Jr. – colecionador compulsivo – que tem em sua casa um grande acervo de livros, revistas (internacionais e nacionais) e diversos autorretratos dos maiores artistas paranaenses.

Para o fotógrafo João Castelo Branco que participou dos dois curtas como cineasta e roteirista os filmes dialogam entre si, além do tema e do assunto “Os dois [Ragnhild e Max] são grandes personagens da cultura curitibana, ainda hoje organizam eventos culturais, a Ragnhild por exemplo organiza vários concertos musicais”, diz.

Além de livros e revistas, Max Conradt tem um grande acervo de quadros de grandes artistas paranaenses. Fotos: Markus Kalebe
Além de livros e revistas, Max Conradt tem um grande acervo de quadros de grandes artistas paranaenses. Fotos: Markus Kalebe

 

Reportagem: Markus Kalebe